Adjunto Adnominal e Complemento Nominal

Tempo de leitura: 2 minutos

Diferença de adjunto adnominal e complemento nominal

O adjunto adnominal e complemento nominal se diferenciam quando houver a presença da preposição “de – do – da” e quando elas estiverem ligadas a um substantivo abstrato. Antes disso, vamos entender o adjunto adnominal:

O adjunto adnominal ocorre quando um termo preposicionado está ligado a um substantivo concreto ou a um substantivo abstrato:

Vi o anel de Maria.
Comprei o pão de queijo.
O livro do professor era novo.

Perceba que os termos destacados estão completando substantivos concretos. E lembre-se de QUE NUNCA O COMPLEMENTO NOMINAL ESTARÁ LIGADO A SUBSTANTIVO CONCRETO.

Vamos agora a verdadeira confusão entre o adjunto adnominal e complemento nominal:

Ambos podem ser ligados a SUBSTANTIVO ABSTRATO, a diferença ocorre se o termo apresenta sentido ATIVO ou PASSIVO.

Adjunto adnominal apresenta sentido ativo ( O termo fará a ação)
Complemento nominal apresenta sentido passivo (O termo sofrerá a ação)

O medo de escuro é comum.

Basta questionar o termo a que a expressão preposicionada está ligada. Nesse caso, ao substantivo abstrato “medo”.

Quem tem medo? Note que não é o “escuro”, logo o termo “de escuro” apresenta sentido passivo, caracterizando um complemento nominal.

A crítica do aluno é normal.

Quem critica? Perceba que o termo “aluno” é que faz a ação: ele é quem faz a crítica, logo tem sentido ativo, por isso é que se chama adjunto adnominal.

A descoberta do Brasil. = Brasil foi descoberto (Sentido passivo = CN)
A descoberta do Pedro. = Pedro descobriu (Sentido ativo = AA)

A leitura do livro. = O livro foi lido (Sentido passivo = CN)
A leitura do aluno. = O aluno fez a leitura (Sentido ativo = AA)

Vamos a algumas observações entre adjunto adnominal e complemento nominal:
  1. Sempre que o termo estiver ligado a substantivo concreto, teremos adjunto adnominal.
  2. Só olhamos o sentido passivo e ativo se o termo for substantivo abstrato.
  3. Só haverá confusão com as preposições “de, do, da”.
  4. Basta sempre questionar o substantivo abstrato para saber se é ativo ou passivo.

Com essas dicas, você será capaz de diferenciar o adjunto adnominal e complemento nominal de forma clara e objetiva. Aprenda mais em nosso curso online com aulas claras e objetivas. O curso é completo e vem com dicas e macetes. Além disso, você terá 180 dias de acesso para assistir às aulas de gramática quantas vezes quiser.

DOMINE TUDO SOBRE LÍNGUA PORTUGUESA COM NOSSO CURSO!

 

Curso de Português
Aprenda gramática de forma clara e objetiva

Deixe seu comentário

Comentário